Brasil: Missão chinesa visita sistema de sanidade de suínos a pensar em importações brasileiras

14 October 2008

São Paulo, Brasil, 14 Out – Inspectores do Serviço Veterinário Oficial da China chegam ao Brasil quarta-feira para avaliar o sistema de sanidade de suínos e javalis e de produção de gelatina, com vista a estudar a possibilidade de aumentar o comércio entre os dois países.

O Brasil não exporta carne suína para o mercado chinês que com uma produção de 48 milhões de toneladas por ano é o maior do mundo.

“Embora seja o maior produtor mundial de carne suína, a procura em rápido crescimento tem levado a China a procurar fornecedores externos”, explicou o director-executivo do Sindicato da Indústria de Produtos Suínos do Rio Grande do Sul, Rogério Kerber.

A missão chinesa permanecerá no Brasil 10 dias e visitará Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás.

A missão visitará frigoríficos, locais de criação de suínos, zonas de produção e ainda o sistema laboratorial de diagnóstico e de controlo de resíduos.

O director técnico da superintendência federal da Agricultura do Rio Grande do Sul, José Severo,
disse, por sua vez, que “a indústria brasileira não tem grande esperança de a visita levar ao início imediato de exportações para a China.Neste momento o objectivo é conhecer as condições de produção de carne suína no Brasil”.

Em 2008, a China passou de terceiro para primeiro lugar no ranking dos países de destino das exportações do agronegócio brasileiro.

De Janeiro a Setembro deste ano foram comercializados mais de sete mil milhões de dólares em produtos agropecuários, um crescimento de 91,17 por cento em comparação com o mesmo período de 2007.

A maior exportação brasileira é de soja em grão. Durante os primeiros nove meses de 2008 o Brasil exportou para a China 5,1 mil milhões de dólares.

Depois da soja surge a celulose com 543,4 milhões de dólares e o couro e pele de bovino, com 312,3 milhões de dólares.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH