Angola: Empresa brasileira pretende produzir telhas em Angola

20 October 2008

Luanda, Angola, 20 Out – A brasileira Cláudio Vogel, empresa cerâmica de telhas esmaltadas, projecta a montagem de uma fábrica em Angola, estando a efectuar de momento o estudo de viabilidade económica, informou a agência noticiosa angolana Angop.

A operar no mercado angolano há quatro anos, a empresa produz telhas no Brasil, sendo distribuídas e comercializadas em Angola através da empresa Bejoma.

Caso a fábrica venha a ser construída, a Cláudio Vogel reduzirá os custos de exportação e transporte, segundo o seu director comercial, com o frete do Brasil para Angola a custar anualmente mais de 700 mil dólares.

A empresa cerâmica de produção de telhas Cláudio Vogel participa na Filda pela terceira vez e levou à exposição da sexta edição “Constrói Angola” telhas esmaltadas de várias cores.

Ao juntar-se a outros empreendedores do ramo da construção no evento, a empresa preferiu apresentar telhas elaboradas por uma tecnologia ainda não usual em Angola, cerâmica revestida com poliéster e esmalte sem chumbo. Tudo para diferenciá-las com as telhas do modelo tradicional (telhas americanas).

Além de expor telhas esmaltadas, a empresa trouxe também, para a Filda, pisos decorados em concreto para calçados e demais áreas externas, como por exemplo, para piscinas, garagens e jardins. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH