Angola: Petróleo ajuda a fazer crescer reservas de Angola sobre o exterior

20 October 2008

Luanda, Angola, 20 Out – As reservas internacionais líquidas de Angola eram, a 10 de Outubro, de 19343 milhões de dólares, um aumento de quase 9 mil milhões desde Dezembro de 2007, informou em Luanda o Jornal de Angola, citando uma fonte do Banco Nacional de Angola.

O jornal adianta que desde 2003 as reservas aumentaram 30 vezes, uma vez que há cinco anos Angola tinha apenas 634 milhões de dólares, dinheiro que servia para um mês e meio de importação de bens.

Tomando o valor das importações do ano passado, as reservas dariam hoje para 17 meses de importação de bens. O Fundo Monetário Internacional (FMI) aconselha os países a manterem um nível mínimo de reservas para importar durante cinco meses seguidos.

Esta evolução, segundo especialistas, mostra que a economia angolana está mais robusta e que o país tem mais capacidade para atrair investimentos, honrar os seus compromissos internacionais e ainda contrair financiamentos em condições mais favoráveis.

A subida do preço das principais matérias-primas, principalmente do petróleo, aliado ao aumento das exportações, contribuíram para a acumulação das reservas.

Dados do banco central indicam que, entre 2003 e 2007, as exportações do país passaram de 9,5 mil milhões de dólares para 44,39 mil milhões de dólares.

O petróleo continua a ser o principal produto de exportação, tendo no ano passado respondido por quase 97 por cento do total das exportações angolanas.

Em Julho deste ano, os preços do petróleo atingiram 147 dólares o barril, o valor mais alto de sempre e, desde então, tem-se mantido acima de 70 dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH