Guiné-Bissau: China desenvolve infra-estruturas de telecomunicações na Guiné-Bissau

20 October 2008

Bissau, Guiné-Bissau, 20 Out – O administrador da Guiné Telecom disse sexta-feira em Bissau que a China vai investir 50 milhões de dólares no desenvolvimento de infra-estruturas de telecomunicações no país, ao abrigo de um acordo bilateral.

A Guiné Telecom é detida maioritariamente pela Portugal Telecom, com 49 por cento do capital, mas a empresa portuguesa abandonou recentemente a gestão da companhia guineense devido a uma dívida de 30 milhões de euros do governo do país.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, João Isidoro disse ainda que o investimento chinês resulta de um acordo assinado entre os dois governos para “dotar a Guiné Telecom de infra-estruturas fundamentais para o desenvolvimento do sector das telecomunicações”.

“O acordo abrange não só a Guiné Telecom, mas todo o país”, frisou.

João Isidoro adiantou que o acordo engloba dois projectos, o primeiro dos quais prevê a instalação de uma rede de fibra óptica em todo o território nacional, que termina nas fronteiras com a Guiné-Conacri e o Senegal, permitindo o acesso internacional, dizendo o segundo respeito ao governo electrónico.

João Isidoro disse que vai ser instalada uma “plataforma para interligar todos os departamentos de Estado e facilitar o seu funcionamento, bem como o acesso dos cidadãos aos serviços prestados pelo Estado”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH