Angola: Geocapital de Stanley Ho entrou no mercado bancário angolano

24 October 2008

Lisboa, Portugal, 24 Out – A Geocapital entrou no mercado financeiro de Angola em parceria com a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), afirmou em Lisboa ao jornal Diário Económico o seu presidente e igualmente accionista, Jorge Ferro Ribeiro.

Para isso, disse Ferro Ribeiro, foi constituída a Geopactum, em que a maioria do capital – 50,01 por cento – ficou nas mãos de duas sociedades participadas pela Sonangol, o Banco Privado Angolano (BPA) e a Global Pactum, a seguradora do grupo petrolífero, tendo a Geocapital ficado com os restantes 49,9 por cento.

Do pacote faz ainda parte, de acordo com Ferro Ribeiro, a entrada da Geocapital no capital do Banco Privado Atlântico (BPA), processo que deverá ocorrer em simultâneo com o do Millennium bcp, na sequência do acordo recentemente fechado entre o BCP e o governo de Angola – em que o BCP cedeu 49 por cento do Millennium Angola à Sonangol (29,9 por cento) e ao BPA (20 por cento).

Por definir estão ainda a data e os contornos da incursão da Geocapital no capital do BPA (venda directa de acções ou aumento de capital).

Mas o Diário Económico afirma que a participação da Geocapital ou da Geopactum deverá ser idêntica à do Millenniumbcp, na ordem dos 10 por cento, e que deverá ser concretizada até ao final do ano, nao sendo indiferente o facto do magnata do jogo de Macau Stanley Ho deter, directa e directamente, 3 por cento do próprio BCP.

A Geocapital iniciou-se no sector bancário na Guiné-Bissau onde adquiriu, em 2007, uma participação maioritária no Banco da África Ocidental, a maior instituição financeira do país.

Seis meses mais tarde, foi a vez de Moçambique, através do lançamento do Moza Banco, detido em 51 por cento pela Moçambique Capitais – sociedade que incorpora 250 investidores locais – e em 49 por cento pela Geocapital. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH