Angola: Nova central de enchimento reduz escassez de gás butano no sul de Angola

7 November 2008

Lubango, Angola, 7 Nov – Cerca de 3.500 botijas de gás de cozinha estão a ser produzidas na nova central de enchimento construída nos arredores da cidade do Lubango pela Direcção Territorial Sul da Sonangol, de acordo com a agência noticiosa angolana Angop.

Com previsões de inauguração para os próximos dias, a nova Central funciona em fase experimental, mas já contribui para suprir a escassez de gás que fazia sentir na região sul, nomeadamente nas províncias da Huíla, Cunene e Kuando-Kubango.

O facto foi revelado pelo director Territorial Sul da Sonangol, Alexandre da Natividade, a propósito da entrada em funcionamento experimental da nova Central de Enchimento de gás.

Alexandre da Natividade, que não precisou os valores investidos neste projecto, disse que as obras estão todas concluídas e neste momento decorrem os ensaios finais, enquanto se aguarda pela inauguração.

De acordo com o director, a unidade tem uma capacidade instalada de 3.500 botijas por dia, número que poderá aumentar em função das necessidades que o mercado apresentar.

O director referiu que, com a entrada em funcionamento em pleno da central do Lubango, o abastecimento da região sul deixa de depender exclusivamente da produção de gás feita na província do Namibe. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH