Angola: Instituto traça estratégia para o aumento da produção do café

20 November 2008

Sumbe, Angola, 20 Nov – O Instituto Nacional do Café de Angola (INCA) pretende, a partir de 2009, elevar de cinco mil para 10 mil toneladas a produção deste produto, no quadro de um programa a ser posto em prática, a médio prazo, pela instituição.

O anúncio foi feito terça-feira, na estação regional do Amboim (Gabela), província do Kwanza Sul, pelo director-geral do Instituto, João Ferreira da Costa, durante a abertura de um seminário sobre “Intervenção no meio rural”, que terá a duração de quatro dias e conta com a participação de 30 técnicos da instituição.

Por sua vez, o presidente do Fundo do Desenvolvimento do Café, Arsénio de Sousa, disse que pretende-se aumentar a produção interna, o fortalecimento da classe empresarial e a melhoria das condições de vida das comunidades rurais, nomeadamente nas regiões cafeícolas.

O seminário vai abordar a recolha e tratamento de dados, normas para a programação operativa, introdução sobre extensão rural e comunicação e extensão rural.

Com o seminário, o Instituto pretende reforçar a sua capacidade institucional, a melhoria do enquadramento e apoio à produção do café, restabelecimento dos circuitos de comercialização, apoio técnico para o relançamento da exploração da palmeira de dendém e a criação de normas tecnológicas para a exploração do cacau. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH