São Tomé e Príncipe: Planos do Governo mantêm-se apesar do adiamento da prospecção de petróleo

12 December 2008

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 12 Dez – A execução do programa do Governo vai manter-se não obstante o adiamento da prospecção de petróleo na Zona de Desenvolvimento Conjunto (ZDC) São Tomé e Príncipe/Nigéria, afirmou quinta-feira em São Tomé o primeiro-ministro.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, Rafael Branco disse que o seu Governo não estava a contar com os dividendos do petróleo para financiar o Orçamento do Estado para 2009, aprovado na generalidade quarta-feira pelo Parlamento.

Algumas das empresas que operam na ZDC de São Tomé e Príncipe/Nigéria admitiram um adiamento de um ano no processo de prospecção de petróleo nos blocos “intactos”, numa altura em que as petrolíferas repensam os seus investimentos devido à desvalorização do preço dos hidrocarbonetos.

O Orçamento de Estado para 2009 foi aprovado na generalidade com os votos favoráveis dos três partidos que sustentam o Governo e a rejeição de dez deputados da única bancada da oposição, da Acção Democrática Independente (ADI).

O documento vai agora passar à discussão na especialidade, prevendo-se que dentro de dez dias seja aprovado na globalidade. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH