Angola: Companhia aérea Taag perde cinco milhões de dólares por mês por não voar para a Europa

31 December 2008

Luanda, Angola, 31 Dez – A transportadora aérea de Angola, Taag perde, desde Julho de 2007, cinco milhões de dólares americanos por mês , por não voar para a Europa, disse segunda-feira, em Luanda, o porta-voz da Comissão de Gestão da companhia, Rui Carreira.

O mesmo responsável revelou que está em curso desde Novembro o processo de reestruturação da Taag que poderá estar concluído no primeiro semestre de 2009.

Rui Carreira disse que a Taag pretende, a partir de Julho de 2009, submeter à apreciação das autoridades europeias e também da IATA um novo pedido para que a companhia aérea seja autorizada a retomar os voos para a Europa suspensos há cerca de um ano e meio.

Em Julho de 2007, a Comissão Europeia (UE) incluiu a Taag na lista de companhias proibidas de operar no espaço aéreo comunitário.

O porta-voz da Comissão de Gestão da companhia revelou que num primeiro passo o Instituto Nacional de Aviação Civil (Inavic) terá de efectuar a recertificação da Taag e só depois se inicará o processo de reestruturação da empresa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH