São Tomé e Príncipe: Obras de modernização do aeroporto do Príncipe iniciam-se este mês

7 January 2009

Santo António, São Tomé e Príncipe, 07 Jan – As obras de modernização do aeroporto da ilha do Príncipe iniciam-se na segunda quinzena deste mês, disse à agência noticiosa portuguesa Lusa o empresário holandês Rombout Swarborn.

O empresário, que é proprietário da estância de férias Bombom e da SCD Aviation, assinou a 17 de Maio de 2008 com o governo são-tomense um acordo para a modernização e gestão, durante 15 anos, do aeroporto do Príncipe.

O acordo estipulava que as obras de modernização deveriam iniciar-se 60 dias após a assinatura do contrato avaliado em cinco milhões de euros.

Passados sete meses as obras vão começar, tendo Rombout Swarborn justificado o atraso com a realização de “estudos sobre o estado da pista” e o tipo de investimentos que devem ser feitos na modernização do aeroporto.

O acordo para a modernização do aeroporto estabelece a reconstrução da pista e a sua extensão em mais 150 metros, passando para 1400 metros.

Com as obras, o aeroporto do Príncipe vai passar a ter pela primeira vez sistemas de iluminação, salas de embarque para passageiros VIP, tapetes rolantes e depósitos de abastecimento das aeronaves.

Todos os aviões da SCD Aviation vão ficar estacionados no Príncipe, que vai passar a ser o ponto de partida para São Tomé e para destinos no Gabão, Guiné Equatorial, Nigéria e Camarões.

Para que este acordo fosse assinado, o proprietário holandês assegurou ainda a assinatura de um outro acordo, que concede à SCD Aviation o direito de exploração do tráfego aéreo em quatro países da sub-região africana: Gabão, Guiné Equatorial, Nigéria e Camarões. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH