Angola: Luanda e Gaberone poderão dispor de ligações aéreas

29 January 2009

Luanda, Angola, 29 Jan – As cidades de Luanda e Gaberone poderão ficar ligadas por via aérea, caso as autoridades angolanas aprovem um projecto de acordo neste sentido, submetido pelo governo do Botswana, indica uma nota da embaixada de Angola naquele país.

De acordo com o documento daquela missão diplomática angolana citado pela agência noticiosa angolana Angop, o governo do Botswana pretende estabelecer um acordo de serviço aéreo, que visa garantir a operacionalidade dos voos que ligarão as duas cidades capitais.

As autoridades do Botswana estão bastante interessadas e esperançadas na assinatura deste acordo, tendo já iniciado obras de alargamento do seu aeroporto internacional com vista a acolher aviões de grande porte, refere o documento.

Entretanto, a transportadora aérea angolana Taag inicia em Março um terceiro voo semanal para a China, tentando corresponder ao crescente relacionamento bilateral e ao aumento dos contactos entre África e o gigante asiático.

“Há dezenas de milhar de chineses a trabalhar em Angola nas grandes obras da reconstrução nacional e vêm aí novos contratos”, realçou à agência noticiosa portuguesa Lusa o representante da Taag em Pequim, António Inácio Silva.

A companhia angolana voa desde Novembro passado para Pequim, duas vezes por semana (quarta-feira e sábado), com um Boeing 777-200 ER, de 254 lugares.

Trata-se também do único voo directo de África para a capital da China e demora cerca de 13 horas e meia (ou 15 horas no sentido inverso, Pequim-Luanda, devido aos ventos).

O terceiro voo projectado pela Taag para a China, e igualmente sem escalas, fará a ligação Luanda-Cantão, adiantou o representante da empresa em Pequim. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH