Angola: Governo aprova linha de crédito para a agricultura

30 January 2009

Luanda, Angola, 30 Jan – O governo angolano aprovou quarta-feira uma linha de crédito agrícola de 350 milhões de dólares, destinada ao financiamento de pequenos e médios produtores, assim como associações e cooperativas agro-pecuárias.

O ministro da Agricultura, Pedro Canga, disse que serão concedidos créditos de campanha, para despesas correntes e de investimento, para aquisição de equipamentos, visando aumentar a produtividade e a produção comercial no país.

A linha de crédito pretende ser um instrumento de promoção e alargamento do mercado nacional de produtos agrícolas, melhorando os sistemas de produção e cultivo existentes, de modo a garantir maior produtividade e renda aos agricultores.

Pedro Canga indicou que a linha de crédito será operada pelo Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) e pelos bancos comerciais, devendo o reembolso ser feito com o resultado da venda da produção.

No entender do ministro da Agricultura, a aprovação da linha de crédito deve-se ao facto de existirem ainda muitas dificuldades na aquisição de meios de produção agrícola e na concessão de créditos.

Questionado sobre a produção de biocombustíveis no país, o ministro revelou a existência de projectos de investidores privados, mas condicionou o início da actividade com a aprovação de legislação própria.

“Há projectos privados para a produção de biocombustíveis em Angola, mas é preciso ter uma legislação própria. Estamos a trabalhar para que seja aprovada”, esclareceu Pedro Canga.

O ministro lembrou a existência de princípios que devem ser observados na produção de biocombustíveis, citando, como exemplo, a proibição de concorrência com a produção alimentar e a preservação do ambiente. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH