China: Portugal e Espanha promovem-se em conjunto no mercado turístico chinês

2 February 2009

Lisboa, Portugal, 2 Fev – As autoridades turísticas de Portugal e de Espanha chegaram a acordo para promover os dois países no mercado chinês como parte de um destino ibérico único, no âmbito dos acordos que os dois governos celebraram na última Cimeira Lusa-Espanhola.

A concretizar uma ideia que tinha nascido em 2005, num encontro dos ministros do Turismo português e espanhol, o plano tem por objectivo tornar a Península Ibérica como um destino atractivo ao cada vez maior número de turistas chineses e de outros mercados emissores asiáticos.

“Os dois Governos congratulam-se pelo bom estado das relações de cooperação em matéria de Turismo. Decidiu-se o aumento do Plano de Promoção conjunta a outros mercados como a China, Índia e Coreia do Sul”, refere o texto da declaração conjunta da Cimeira Luso-Espanhola, que decorreu a 22 de Janeiro na cidade de Zamora, Espanha.

As acções de promoção conjunta das agências turísticas de Portugal e de Espanha deverão replicar o que já acontece desde 2006 no mercado dos Estados Unidos, onde os dois países ibéricos se apresentam em anúncios, feiras de viagens e na Internet como um destino único.

Incluindo também o mercado japonês, o plano visa sobretudo, atrair os turistas chineses, uma vez que a China, com uma classe média que cada vez cresce mais, é já o maior mercado emissor turístico asiático, com cerca de 50 milhões de chineses a fazer turismo no estrangeiro.

Os fluxos turísticos da China para Portugal e para Espanha têm vindo a aumentar desde que a China atribuiu em 2003 o estatuto de Destino Turístico Aprovado a todos os países da União Europeia, que permite aos cidadãos chineses viajar em grupo sem necessidade de autorização prévia de saída do país por parte do governo chinês.

Portugal, segundo os dados oficiais mais recentes, recebe por ano cerca de 50 mil turistas chineses – número que o governo português já afirmou que pretende duplicar – permanecendo em média três ou quatro dias no país.

Gastando mais do que a média, o turista chinês desembolsa entre 2.597 e 3.506 dólares durante cada viajem ao estrangeiro, segundo dados do estudo Nielsen China Outbound Travel Monitor. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH