Moçambique: Exploração da mina de grafite de Ancuabe apenas em 2010

10 February 2009

Maputo, Moçambique, 10 Fev – A mina de grafite de Ancuabe, na província de Cabo Delgado, recomeçará a ser explorada apenas em 2010 e não este ano como tinha sido anunciado, afirmou em Maputo o vice-ministro dos Recursos Minerais, Abdul Razak.

A empresa suiça Timcal ganhou o concurso público lançado em Maio de 2008 pelo governo de Moçambique para a exploração da mina de grafite e o Ministério dos Recursos Naturais assinou um memorando de entendimento com a Timcal em 29 de Dezembro passado para acelerar as negociações quando às cláusulas do contrato final.

Abdul Razak disse à agência noticiosa moçambicana AIM que assim que o clausulado for acordado, a empresa suiça começará a trabalhar no sentido de retomar a exploração da mina, sendo que os preparativos vão levar mais tempo uma vez que a maior parte do equipamento existente no local está obsoleto.

“A ideia é que a Timcal efectue este ano todo o trabalho preparatório sendo a exploração da mina retomada em 2010”, disse ainda o vice-ministro.

A mina foi encerrada em 1999 devido aos elevados custos de produção, particularmente de electricidade, dado que a geração de energia eléctrica era feita com recursos a geradores a gasóleo.

Este problema está agora resolvido dado que desde o passado dia 1 Ancuabe está ligada à rede eléctrica nacional e os preços para a grafite nos mercados internacionais estão em alta. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH