Macau: Formação profisssional cresce face à diversificação da economia

11 February 2009

Macau, China, 11 Fev – Mais de 16 mil trabalhadores residentes de Macau inscreveram-se em 2008 nos cursos de formação ministrados pelo Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau (CPTTM), disse à MacauNews o director-geral da instituição.

Victor Kuan lembrou que este número é muito superior ao número de participantes nos cursos de formação em 2004 quando se inscreveram cinco mil pessoas.

O director-geral do CPTTM revelou ainda que o número de cursos disponibilizados aumentou também de 300 em 2004 para 700 o ano passado.

Victor Kuan considerou que a actual conjuntura económica fez com que muitos trabalhadores de indústrias tradicionais perdessem os empregos e fossem obrigados a fazer cursos de formação para mudarem de actividade.

“Nos últimos meses recebemos muitos ex-trabalhadores do sector dos casinos que se inscreveram nos nossos cursos para obterem qualificações que lhes permitam depois entrar numa nova área de actividade”, disse Victor Kuan à MacauNews.

O CPTTM,uma organização sem fins lucrativos criada pelo Governo de Macau e pelo sector privado, oferece uma enorme variedade de cursos que incluem línguas, desenho industrial, desenho de vestuário, tecnologias de informação e gestão, entre outros.

O governo concede anualmente um subsídio de cerca de 25 milhões de patacas (3,1 milhões de dólares) e o CPTTM obtém recursos do mesmo montante com as propinas dos cursos que ministra.

Muitos dos formandos são enviados para o CPTTM pelas próprias empresas, na sua maioria grandes e médias, que pretendem melhorar a formação dos seus operários

Victor Kuan revelou ainda que para 2009 o esforço do CPTTM vai ser “apoiar as pequenas empresas”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH