China: Guangdong, Macau e Hong Kong juntam-se para desenvolver o Delta do Rio das Pérolas

20 February 2009

Macau, China, 20 Fev – A província chinesa de Guangdong e as Regiões Administrativas Especiais de Macau e Hong Kong vão cooperar no desenvolvimento do Delta do Rio das Pérolas com a finalidade de tornar a região numa zona de grande competitividade ao nível mundial.

A decisão foi tomada durante um encontro que reuniu na quinta-feira em Hong Kong o vice-governador de Guangdong, Wan Qingliang, o secretário para a Administração do governo de Hong Kong, Henry Tang Ying-Yen e o secretário para a Economia e Finanças de Macau, Francis Tam.

O encontro, o primeiro do género, surge na sequência do anúncio feito em Janeiro pelo Governo Central chinês das Linhas Gerais do Planeamento para a Reforma e Desenvolvimento da Região do Delta do Rio das Pérolas no periodo 2008-202 escreve a agência MacauNews.

Francis Tam disse no final da reunião que as três partes concordaram em concentrar os esforços na cooperaçào ao nível do planeamento, turismo, indústria, finanças, infra-estruturas, transportes, formação, educação, inovação, protecção ambiental, restruturação do tecido empresarial e no desenvolvimento do parque industrial fronteiriço Zhuhai-Macau e da ilha de Hengqin, em Zhuhai, frente a Macau.

O secretário para a economia e Finanças disse ainda que “o plano de desenvolvimento da Região do Delta do Rio das Pérolas define Macau como um centro de lazer e turismo internacional” pelo que o governo vai empenhar-se na diversificaçào do sector.

“Aproveitando a integração do Centro Histórico de Macau na lista de património mundial da UNESCO Macau vai desenvolver o turismo cultural, aprofundar a cooperação na área do turismo com a Província de Guangdong e organizar de excursões culturais” disse .

Francis Tam lembrou igualmente que “ sendo Macau uma plataforma de serviços económicos e de comércio, o território tem como objectivo principal servir a zona Oeste do delta do Rio das Pérolas”.

Guangdong, Hong Kong e Macau concordaram ainda em simplificar as movimentacões de visitantes de Guangdong que queiram visitar as duas regiões administrativas especiais.

O objectivo é alargar a todos os residentes de Guangdong as normas em vigor para Shenzhen pelas quais os seus residentes podem fazer multiplas visitas a Hong Kong durante o período de um ano.

O Delta do Rio das Pérolas engloba Hong Kong, Macau e parte da província de Guangdong (incluíndo 9 municípios, a saber Dongguan, Foshan, Guangzhou, Huizhou, Jiangmen, Shenzhen, Zhaoqing, Zhongshan e Zhuhai), região que em 1978 foi aberta pelo governo central da República Popular da China ao comércio e investimento estrangeiros.

O Delta do Rio das Pérolas apesar de estar localizado em apenas 0,5 por cento do território chinês e possuir apenas 5% da população da China chama a si 20 por cento do PIB da China.

A população do delta do rio das Pérolas hoje estimada em mais de 60 milhões deverá crescer para 75 milhões no espaço de uma década.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH