Moçambique: Sector comercial pesqueiro moçambicano decresceu 19 por cento em 2008

12 March 2009

Maputo, Moçambique, 12 Mar – O sector comercial pesqueiro conheceu um decréscimo de 19 por cento em 2008 em termos homólogos, disse à macauhub fonte do Ministério das Pescas de Moçambique.

A mesma fonte referiu igualmente que no período em análise o sector da aquacultura, aposta governamental para assegurar proteínas às populações, também conheceu igual sorte, tendo caído 36 por cento.

As razões apontadas para o sucedido são, entre outras, a falta de fundos para projectos de investimentos público nos sectores em referência.

A crise que afecta a indústria pesqueira nos últimos anos, relacionada com altos custos de operação, terá determinado a situação naquele período, disse a fonte da macauhub.

Basicamente o sector industrial queixou-se em 2008 dos altos preços de combustíveis praticados no país que eram também o reflexo do preço do petróleo em rama no mercado internacional.

A fonte referiu que a queda dos preços de camarão, um dos principais produtos de exportação em Moçambique, também determinou a situação no sector pesqueiro comercial.

Entre vários recursos marinhos, são capturados da costa moçambicana o camarão, gamba, lagosta, lagostim, kapenta e peixe de espécies diversas.

O país prevê obter uma receita de 95 milhões de dólares como resultado de exportação de, entre outros, oito mil toneladas de camarão e duas mil toneladas de gamba. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH