Brasil: Nível de emprego registou maior quebra desde 2001

13 March 2009

Rio de Janeiro, Brasil, 13 Mar – O nível de emprego na indústria brasileira diminuiu 2,5 por cento em Janeiro último em termos homólogos, na maior quebra desde 2001, informou quinta-feira no Rio de Janeiro o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Janeiro deste ano, o número de trabalhadores empregados também diminuiu em relação a Dezembro de 2008, com uma quebra de 1,3 por cento, adiantou o IBGE.

O número de trabalhadores empregados tem registado quebras desde Outubro de 2008, quando a economia brasileira começou a sentir os efeitos da crise financeira internacional.

Grandes empresas brasileiras, como a fabricante aeronáutica Embraer e a mineira Vale, já anunciaram o despedimento ou a concessão de férias colectivas a milhares de trabalhadores.

Dados do IBGE indicam ainda a quebra do número de horas pagas aos trabalhadores, o que resultou numa diminuição da folha de pagamento das empresas de 1,2 por cento em Janeiro, na comparação com Dezembro.

Na terça-feira, o IBGE informou que a economia brasileira registou uma quebra de 3,6 por cento, nos últimos três meses de 2008, em relação ao terceiro trimestre, no maior recuo desde 1996.

Para tentar estimular a actividade económica, o Banco Central do Brasil anunciou na quarta-feira uma diminuição de 1,5 pontos percentuais na taxa de juros de referência. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH