Macau: Primeiro semestre de 2009 vai registar elevado crescimento negativo, diz secretário para Economia e Finanças

16 March 2009

Macau, China, 16 Mar – O secretário para a Economia e Finanças de Macau, Francis Tam Pak Yuen, disse sexta-feira que Macau vai registar no primeiro semestre de 2009 um elevado crescimento negativo.

Francis Tam revelou que a taxa de crescimento de Macau em 2008 foi de 13 por cento “relativamente melhor que o esperado” tendo em conta o crescimento negativo de sete por cento registado no quarto trimestre de 2008.

“Em relação aos primeiros dois meses de 2009, de acordo com os dados preliminares, a situação piorou em relação ao quarto trimestre de 2008 com um crescimento negativo superior a sete por cento ou até mesmo a dois dígitos”, disse Francis Tam, citado numa nota oficial do Gabinete de Comunicação Oficial do governo.

A nota refere que Francis Tam está optimista em relação ao futuro e admite que a crise económica estabilizará em 2009 “sem que se registem quedas significativas na economia de Macau”.

O secretário para a Economia e Finanças revelou que o Governo de Macau está a colocar em prática políticas que possam resolver a situação de crise e desemprego em vários sectores de Macau, nomeadamente na area da construção civil e indústria, escreve a agência MacauNews.

Referindo-se ao sector do jogo de Macau, o responsável governamental revelou que as receitas dos casinos cairam entre 15 e 16 por cento nos primeiros dois meses de 2009, em relação ao período homólogo de 2008, mas recordou que “continuam no patamar dos oito mil milhões de patacas (mil milhões de dólares) com espaço suficiente para a exploração das seis operadoras do jogo”.

“A queda das receitas do jogo está dentro do previsto e a situação mantém-se satisfatória se comparada com outras regiões do mundo onde existe jogo”, assinalou Francis Tam. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH