Timor-Leste: Empresa chinesa CNI22 constrói centrais eléctricas em Timor-Leste

17 March 2009

Dili, Timor-Leste, 17 Mar – A China Nuclear Industry 22nd Construction Company (CNI22) está a construir duas centrais eléctricas e a expandir a rede eléctrica de Timor-Leste, de acordo com informação divulgada pela embaixada chinesa na capital timorense.

O contrato, com um valor de 360 milhões de dólares e assinado em 2008, prevê a construção de duas centrais eléctricas de combustível pesado no norte de Timor-Leste com uma potência de 120 MW e no sul com uma potência de 60 MW, a expansão da rede eléctrica com novas linhas de alta tensão com 750 km e a construção de 10 subestações eléctricas.

A empresa chinesa, que já iniciou os trabalhos preparatórios das obras, tem dois anos para executar a empreitada.

De acordo com a mesma informação, disponibilizada na página electrónica do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), “o projecto é o maior investimento governamental e o maior projecto a ser realizado pela empresa chinesa, após a independência de Timor-Leste.

O projecto vai permitir, de acordo com a mesma informação, suprir a carência permanente da energia eléctrica em Timor-Leste. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH