Angola: Empresários chineses pretendem investir em Malanje

18 March 2009

Malanje, Angola, 18 Mar – Empresários associados ao grupo estatal chinês de investimento CITIC pretendem investir na província angolana de Malanje nos sectores da agro-pecuária e da indústria, informou a agência noticiosa angolana Angop.

A Angop adianta que a delegação composta por empresários e responsáveis do CITIC e do Banco de Desenvolvimento da China, entidade financiadora de projectos, reuniu-se segunda-feira na cidade de Malanje com responsáveis provinciais no sentido de obterem informações sobre as potencialidades da província, desde os recursos hídricos, terras aráveis, fertilidade dos solos e culturas mais produzidas.

A reunião serviu para a delegação chinesa avaliar a possibilidade de intervir nas áreas da agricultura e indústria transformadora.

O director provincial da Agricultura, João Manuel, apontou a baixa de Kassanje, o planalto de Malanje e a região do Songo como os principais pontos de produção agrícola da província, apesar das suas especificidades, para a produção de arroz, algodão e outras culturas.

O director do departamento de avaliação do Banco de Desenvolvimento da China, Meng Ya Ping, disse que os investimentos se consubstanciarão também na construção de infra-estruturas, acrescentando que o mapa apresentado mostra a existência de terras férteis na província.

Depois do encontro, a comitiva chinesa deslocou-se à fazenda Pungo-a-Dongo (Kapanda) para constatar os níveis de produção e transformação do milho, bem como a produção experimental de soja, arroz, amendoim e feijão para terem noção da fertilidade dos solos da província. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH