Angola: Governo angolano investiu 600 milhões de dólares no Presild

18 March 2009

Luanda, Angola, 18 Mar – O O Governo angolano investiu, desde 2007, no Programa de Reestruturação do Sistema de Logística e Distribuição de Produtos Básicos à População (Presild) pelo menos 600 milhões de dólares, disse segunda-feira o vice-ministro das Finanças, Manuel da Cruz Neto.

Em declaraçoes à agência noticiosa angolana Angop, o coordenador da Comissão de Acompanhamento, Supervisão e Controlo do Presild disse que se prevê gastar até 2012, altura da conclusão do projecto, 1,5 mil milhões de dólares, podendo este valor diminuir ou aumentar em função da conjuntura financeira actual.

O projecto, de acordo com Manuel da Cruz Neto, contempla a construção de 31 supermercados Nosso Super, 28 dos quais já erguidos e distribuídos pelas 18 províncias de Angola e mercados municipais.

Entre outros empreendimentos, continuou o coordenador, também constam do projecto a construção de 26 lojas de proximidade, quatro lojas pedagógicas (duas já estão construídas em Luanda e no Huambo), uma central de compras e Centros de Distribuição e Logística (CLOD), estando um já a funcionar em Luanda e outros prestes a ser concluído no Lobito (província de Benguela).

Dois anos depois da criação do Presild, Manuel da Cruz Neto afirmou que “as infra-estruturas do programa vão mudar a face do comércio em Angola” e que o principal objectivo do programa é melhorar a actividade e não imediatamente os lucros.

O Presild foi criado por um Despacho Presidencial de 31 de Outubro de 2007, que constitui o Grupo de Coordenação para a implementação do Programa de Reestruturação do Sistema de Logística e de Distribuição de Produtos Essenciais à População (Presild) – Nova Rede Comercial.
(macauhub)

MACAUHUB FRENCH