Moçambique: Crise mundial terá pouco efeito no sector financeiro moçambicano

23 March 2009

Maputo, Moçambique, 23 Mar – A actual recessão económica mundial pouco afectará o sector financeiro moçambicano, em virtude de o metical ter uma forte dependência em relação à moeda externa, afirmou em Maputo a economista sénior do sul-africano Standard Bank.

No decurso do “Economic Briefing”, que reune empresários residentes em Maputo e é organizado pelo banco desde 1995 duas vezes por ano, Yvone Mhango considerou que o impacto negativo da crise financeira poder-se-á fazer sentir com maior incidência ao nível económico, devido às características típicas do sistema económico de Moçambique.

Falando a jornalistas à margem do “Economic Briefing”, a economista sul-africana referiu que os países da África subsaharina “vão registar um declínio na sua economia, particularmente nas suas exportações, dado que dependem muito de doações externas para a sua sobrevivência”.

O “Economic Briefing” tem por objectivo apoiar os agentes económicos no processo de tomada de decisões, através do conhecimento das expectativas da evolução da economia de Moçambique, regional e mundial.

Segundo Carlos Madeira, representante do Standard Bank Moçambique, trata-se dum encontro, através do qual “o banco pretende transmitir a sua experiência no sector e desenhar cenários para servirem de base aos empresários no exercício das suas actividades”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH