Brasil: Analistas prevêem crescimento económico próximo de zero

24 March 2009

São Paulo, Brasil, 24 Mar – A economia brasileira deverá registar um crescimento de 0,01 por cento este ano, resultado de uma paragem brusca da actividade, na sequência da crise financeira internacional, segundo uma sondagem segunda-feira tornada pública.

Trata-se do mais baixo nível de crescimento já registado pela sondagem semanal Focus, do Banco Central do Brasil, realizada junto dos analistas económicos.

A projecção anterior dos analistas era de um crescimento de 0,59 por cento em 2009.

A estimativa de um crescimento próximo de zero este ano já foi feita também pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), entidade patronal que representa o sector no Brasil.

Analistas já admitem a possibilidade de o Brasil passar por uma recessão técnica este ano, com o recuo da actividade económica por dois trimestres consecutivos.

Até ao recrudescimento da crise internacional, em Setembro de 2008, a economia brasileira estava a crescer ao ritmo de 6,4 por cento, em comparação com o período homólogo de 2007, no melhor resultado da década.

No quarto trimestre de 2008, entretanto, a economia registou uma quebra de 3,6 por cento, em relação ao terceiro trimestre, no maior recuo desde 1996.

Com o resultado, a economia brasileira acumulou um crescimento de 5,1 por cento no ano passado, em relação a 2007. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH