Angola: Primeiro Angola Business Park arranca na Lunda Norte

26 March 2009

Luanda, Angola, 26 Mar – O grupo Drago anunciou o arranque, a 4 de Abril, da primeira estação logística integrada no Angola Business Park, projecto que prevê a construção de centros produtivos em todas as províncias, num investimento global próximo de 700 milhões de dólares.

Esta aposta do grupo Drago, sedeado em Luanda, visa incentivar o desenvolvimento económico e industrial das 18 províncias do país, através da criação de infra-estruturas produtivas que atraiam investidores e que sirvam de apoio à actividade económica.

As estações logísticas serão dotadas de todas as infra-estruturas necessárias ao desenvolvimento de uma cidade industrial, desde fábricas a hotéis, supermercados, armazéns, escritórios, parques de contentores, estação de camionagem, heliporto, bombas de combustível e apartamentos, entre outros serviços de apoio.

“Vamos oferecer tudo aquilo que um investidor necessita para fazer negócio nas províncias”, assegurou Gentil Viana, responsável pelo projecto do grupo Drago, que conta com o financiamento de bancos angolanos, como o Banco de Desenvolvimento de Angola que se associou à iniciativa.

O primeiro parque vai ser construído, na cidade do Dundo, o Lunda-Norte Business Park, e tem um prazo de execução de dois anos. O orçamento previsto é de 37 milhões de dólares, o mesmo custo que está estimado para os restantes centros, podendo variar em função das características de cada uma das províncias.

Luanda e Huambo são as províncias que se seguem.

Na capital, o Menha Business Park vai ser erguido numa área de 131 hectares, na comuna do Kifangondo, município do Cacuaco, e terá um papel estratégico uma vez que poderá servir como plataforma para escoar a produção vinda dos outros centros. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH