Moçambique: Moçambicana Petromac já produziu primeiro milhão de litros de biodiesel

26 March 2009

Maputo, Moçambique, 26 Mar – A empresa Petróleos de Moçambique (Petromoc) anunciou quarta-feira ter produzido o seu primeiro milhão de litros de biodiesel, no âmbito do Projecto Ecomoz, Energias Alternativas Renováveis, uma parceria iniciada em 2007.

O Projecto Ecomoz, Energias Alternativas Renováveis, é uma parceria entre quatro empresas moçambicanas, uma das quais, a Bioenergia, dispõe de uma unidade piloto de produção, com uma capacidade instalada de 40 milhões de litros de biodiesel por ano, na cidade da Matola, arredores de Maputo.

O anúncio foi feito durante a realização de uma cerimónia de comemoração da produção do primeiro milhão de litros de biodiesel nas instalações da Petromoc, principal distribuidora de combustíveis do país.

O projecto Ecomoz começou a operar há dois anos, usa o óleo de copra adquirido na província de Inhambane, sul de Moçambique, como matéria-prima, mas processa pontualmente óleo usado e óleo de palma.

O administrador delegado do projecto Ecomoz, Nuno de Oliveira, disse, na ocasião, que a produção do primeiro milhão de litros foi alcançada na primeira quinzena de Março.

Segundo Nuno Oliveira, “um dos principais constrangimentos é o fornecimento da matéria-prima (óleos vegetais) a preços acessíveis, o que torna necessário incentivos à produção que permitam o funcionamento regular da unidade”.

“Dependendo do aumento da disponibilidade de matéria-prima, que inclui a participação no desenvolvimento do cultivo de oleaginosas a nível nacional, o projecto vai expandir a actual unidade de produção e alargar a iniciativa às cidades da Beira, província de Sofala, centro, e Nacala, em Nampula, norte”, disse o administrador delegado do projecto Ecomoz. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH