São Tomé e Príncipe: Banco Mundial dá 3,6 milhões de dólares para escolarização básica

1 April 2009

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 1 Abr – O Banco Mundial atribuiu terça-feira ao governo de São Tomé e Príncipe 3,6 milhões de dólares para a execução de projectos nas áreas da escolarização básica universal, com uma duração de 18 meses.

O anúncio foi feito por Geraldo Martins, enviado do Banco Mundial a São Tomé para participar no lançamento do projecto de iniciativa acelerada de educação para todos, denominado “Fast Track” que decorreu na capital do país.

As autoridades do arquipélago pediram a adesão a iniciativa Fast Track em 2006. Apesar de na altura não dispor de um plano actualizado e quantificado sobre a redução da pobreza, esse pedido de adesão foi aceite em 2007.

O donativo do Banco Mundial ao sector de educação vai ser utilizado na reabilitação e construção de salas de aulas, compra de equipamentos para a pré-escolar e ensino básico, reforma curricular, elaboração de novos manuais e formação de professores. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH