Angola: Peritos da União Europeia analisam proibição da Taag em voar para a Europa

7 April 2009

Luanda, Angola, 7 Abr – Uma equipa de peritos em segurança aérea da União Europeia realizou este fim-de-semana uma visita “formal” ao Instituto Nacional de Aviação Civil (Inavic) angolano, para analisar a proibição da transportadora aérea angolana Taag em voar para o espaço europeu.

A porta-voz do Inavic, Síria de Castro, disse que “há ainda muito trabalho de casa por fazer, pois durante mais de 30 anos Angola não actualizou as normas e procedimentos da Organização Internacional dos Transportes Aéreos (IATA)”, o que está agora a ser feito.

A Taag foi incluída em Julho de 2007 pela Comissão de Segurança Aérea da União Europeia na “lista negra” das companhias aéreas proibidas de sobrevoarem o espaço aéreo europeu por questões de segurança.

“A União Europeia não tem competência para certificar nem a Taag nem o Inavic. De qualquer forma, durante o fim-de-semana esteve cá uma equipa de peritos europeus, mas não para uma avaliação como se cogitou em alguns círculos. Foi na verdade uma visita formal em que o Instituto Nacional de Aviação Civil, enquanto autoridade aeronáutica, teve o grato prazer de mostrar o trabalho de casa que está a fazer”, salientou Síria de Castro.

A Taag mantém a esperança de poder voltar a sobrevoar a Europa ainda este ano, segundo fontes da companhia aérea, que promete estar já a resolver todos os problemas de não-conformidade que lhe são apontados, estando agora a aguardar a certificação pelo Inavic, marcada para o dia 15 deste mês. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH