Cabo Verde: Exportações para Portugal representaram 43 por cento do total em 2008

21 April 2009

Praia, Cabo Verde, 21 Abr – Portugal manteve em 2008 o estatuto de maior parceiro comercial de Cabo Verde, tendo sido destino de 43 por cento das exportações cabo-verdianas, de acordo com dados divulgados segunda-feira na Praia pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados globais das importações e exportações de bens em 2008 – o INE apenas divulgou os valores em termos percentuais – apontam para um crescimento de 3,4 por cento e 71,9 por cento, respectivamente, face ao ano anterior.

No período em análise, o défice da balança comercial sofreu um agravamento de 1,6 por cento, enquanto a taxa de cobertura das importações pelas exportações, que em 2007 foi de apenas 2,4 por cento, melhorou em 2008, subindo para 4,3 por cento.

O pescado, vestuário e calçado continuam a ser os principais produtos da exportação cabo-verdiana, com o primeiro produto a triplicar, de 2007 para 2008, o montante global, constituindo actualmente 61 por cento do total.

No sentido oposto, o vestuário e o calçado tiveram evoluções negativas, diminuindo, respectivamente, 8 por cento e 12,4 por cento em relação a 2007.

Por zonas económicas e principais países, o continente europeu continuou a ser o maior parceiro de Cabo Verde, tendo reforçado a sua posição em termos de importância, passando de 79,2 por cento em 2007 para 88,5 por cento em 2008.

Sobre o comportamento das importações de Cabo Verde em 2008, a Europa mantém-se como a principal zona de proveniência de mercadorias, tendo o seu peso relativo subido de 79,6 por cento em 2007 para 80,6 por cento no ano passado.

Portugal, Países Baixos, Espanha, Brasil, Japão, Alemanha e França foram os principais parceiros comerciais de Cabo Verde, sendo responsáveis por 80,8 por cento o total de importações em 2008, contra 77,6 por cento em 2007. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH