Brasil: Processo de abertura da China à carne suína brasileira em marcha

28 April 2009

São Paulo, Brasil, 28 Abr – A homologação de centros frigoríficos brasileiros para exportar carne suína para o mercado chinês deverá ficar concluída por ocasião da visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à China, em 19 de Maio, afirmou um responsável do sector.

Pedro de Camargo Neto, presidente da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), disse que o embaixador do Brasil em Pequim, Clodoaldo Hugueney Filho, teve uma reunião segunda-feira com o ministro responsável pela área sanitária na agência AQSIQ – General Administration of Quality Supervision, Inspection and Quarantine – que cuida do processo de homologação de centros frigoríficos.

“Aquela agência chinesa possui elevada burocracia e actua lentamente pelo que espero que a visita presidencial possa acelerar o processo”, comentou o presidente da Abipecs.

A China efectuou uma missão veterinária ao Brasil em Novembro de 2008 e o governo brasileiro transmitiu a Pequim informações pormenorizadas de 24 centros frigoríficos que desejam ser homologados.

A China, maior produtora e consumidora de carne suína do mundo, passou nos últimos três anos de exportadora a importadora, como resultado do aumento de consumo e de problemas sanitários ocorridos na suinocultura do país.

Em 2008, importou mais de 400 mil toneladas dos Estados Unidos e da União Europeia, ficando o Brasil de fora desse comércio por conta da falta de homologação. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH