Moçambique: Canal principal do porto da Beira reaberto em breve à navegação

28 April 2009

Beira, Moçambique, 28 Abr – O canal principal de acesso ao porto da Beira vai ser em breve reaberto à navegação faltando apenas a balizagem que deverá ocorrer dentro de dias, disse na Beira o presidente da Empresa Moçambicana de Dragagens (Emodraga) ao jornal Notícias, de Maputo.

Tayob Adamo disse ainda ao jornal que já foram lançados dois concursos visando a aquisição de duas dragas de emergência e a construção de uma outra robusta, avaliada em 29 milhões de dólares, parte a ser disponibilizada pela Agência Dinamarquesa para o Desenvolvimento Internacional (Danida, no acrónimo em inglês) e a restante pelo Governo moçambicano.

Em 1990 o canal foi dragado, tendo sido aprofundados os níveis de navegação para 8,4 metros mas, devido à falta de seguimento do processo, o canal acabou por acumular muitos sedimentos que tornaram impossível a sua utilização.

“O canal principal já está em condições de navegabilidade. Neste momento estamos apenas à espera que o Instituto Nacional de Hidrografia e Navegação (Inahna) venha efectuar a sinalização (balizagem) para que seja reaberto aos navios, porque já há condições criadas pelas dragas Alcântara Santos e Aruângua”, precisou.

Referindo-se aos dois concursos internacionais, Tayob Adamo adiantou que o primeiro visa trazer dragas de fora do país para efectuarem trabalhos de dragagens de emergência no porto da Beira, dadas as limitações que a empresa possui, enquanto o segundo tem em vista a construção de uma draga robusta com capacidade para remover 2500 metros cúbicos de sedimentos por dia.

Estes dois processos deverão ocorrer durante 18 meses, ou seja, a partir do segundo semestre deste ano até 2011.

“Quanto à draga robusta estará no país dentro de 18 meses, mas tudo indica que nessa altura o canal estará já sem problemas pois as dragas de emergência terão até lá removido os milhares de metros cúbicos de sedimentos que o canal possui”, afirmou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH