Brasil: Empresários luso-brasileiros satisfeitos com aumento das trocas comerciais

5 May 2009

Fortaleza, Brasil, 5 Mai – Empresários brasileiros e portugueses, reunidos no fim-de-semana na Baía, consideraram segunda-feira que a crise internacional “não abalou as trocas comerciais entre a Baía e Portugal” que cresceram mais de oito por cento nos últimos quatro anos.

Dados estatísticos de 2008 mostram que o comércio Baía-Portugal movimentou 80,2 milhões de dólares, contra 52,8 milhões de dólares em 2004, um crescimento médio anual de 8,7 por cento.

Portugal figura na 31ª posição entre os parceiros comerciais da Baía e participou com 0,36 por cento do total das exportações baianas no ano passado e com 0,76 por cento das importações.

Por sua vez, os investimentos portugueses atingiram cerca de 2 mil milhões de reais (692 milhões de euros) nos últimos dois anos, de acordo com números da Câmara de Comércio Portuguesa na Baía.

O Seminário de Oportunidades de Negócios Baía Portugal, realizado em Guarajuba, Nordeste do Brasil, encerrou com um “saldo extremamente positivo”, disse segunda-feira um dos seus organizadores.

“Foram assinados grandes contratos e estabelecidos contactos, mostrando que a crise não abala os empresários interessados nas trocas comerciais entre a Baía e Portugal”, afirmou Augusto Carreira, novo presidente da Câmara Portuguesa de Comércio no estado, entidade promotora do evento.

Com o tema “Não existe crise entre o Brasil e Portugal”, o encontro reuniu numa unidade hoteleira, a 40 quilómetros de Salvador, cerca de 350 participantes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH