Moçambique: Receita fiscal poderá quebrar 100 milhões de dólares

7 May 2009

Maputo, Moçambique, 7 Mai – Moçambique poderá perder este ano 100 milhões de dólares em receitas fiscais devido à crise financeira internacional, afirmou em Maputo o presidente da Autoridade Tributária, Rosário Fernandes.

Falando terça-feira em Maputo, Fernandes adiantou que o valor mencionado é uma estimativa feita pela instituição a que preside a fim de tentar perceber os possíveis impactos da crise internacional na colecta de impostos.

No entanto, acentuou que se trata apenas de uma previsão e aproveitou a ocasião para advertir que, para evitar que as empresas se aproveitem da crise, a Autoridade Tributária está a intensificar as inspecções e as auditorias.

Fernandes referiu os problemas com a Mozal, o maior exportador moçambicano, “uma vez que o preço do alumínio baixou cerca de 50 por cento nos mercados internacionais” e com o Corredor de Nacala, onde a colecta de impostos encontra-se a cerca de 60/65 por cento da previsão devido à quebra na exportação de caju e de madeira.

Rosário Fernandes revelou que a dívida fiscal dos contribuintes ascende a 102 milhões de meticais (cerca de 3,8 milhões de dólares) e defendeu que a Autoridade Tributária irá negociar com os devedores um calendário para pagamento das dívidas ao invés de avançar para processos de penhora e venda de bens em hasta pública. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH