Angola: Grupo Visabeira prepara projectos na área dos bio-combustíveis

8 May 2009

Viseu, Portugal, 8 Mai – O grupo Visabeira está a preparar projectos na área dos bio-combustíveis para Angola, que deverão entrar em fase de realização em 2010, disse quinta-feira em Viseu Paulo Varela, vice-presidente do grupo.

Angola é já o maior mercado do grupo Visabeira fora de Portugal, tendo o volume de negócios naquele país africano atingido no ano passado 60 milhões de euros, ou cerca de 15 por cento do total do grupo.

“Acreditamos que o peso relativo vai continuar a aumentar. Vamos continuar a investir nesse país, é normal que assim seja”, disse o vice-presidente da Visabeira, grupo que em Angola tem negócios nas áreas das telecomunicações, turismo e imobiliário.

Segundo Paulo Varela, uma nova área de investimento naquele país será a das energias renováveis e dos bio-combustíveis, devendo estar “montado todo o projecto em termos de ‘bussiness planing’ e os parceiros definidos até ao final deste ano”.

A Visabeira já tem projectos idênticos em Moçambique que pretende repetir em Angola, “com os mesmos parceiros, eventualmente, ou com outros”.

Em Moçambique, os parceiros da Visabeira, através de sociedades, são a Galp Energia (na produção de bio-combustíveis) e da Prio, do Grupo Martifer (na agro-indústria e produção de oleaginosas para o circuito alimentar).

Segundo Paulo Varela, para este ano, o grupo Visabeira aponta como principais áreas de crescimento em Angola “a expansão da TV Cabo Angola, a construção de dois hotéis, um dos quais vai arrancar ainda no primeiro semestre na cidade de Lubango, e dois projectos imobiliários, um para escritórios, outro para habitação na cidade de Huambo”.

“Também estão em fase de ampliação o hotel Praia Morena (Benguela), que é uma parceria com um grupo angolano, e que estamos a aumentar a capacidade de 50 para 135 quartos”, acrescentou. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH