Macau: CEPA proporciona meios para diversificação da economia da RAEM

12 May 2009

Macau, China, 12 Mai – O sexto suplemento ao Acordo de Estreitamento das Relações Económicas e Comerciais entre o Interior da China e Macau, conhecido por CEPA, foi segunda-feira assinado na sede do Governo da Região Administrativa Especial, informou o Gabinete de Comunicação Social.

No final da cerimónia de assinatura do documento, o secretário para a Economia e Finanças, Francis Tam Pak Yuen, afirmou que o suplemento assinado representa um importante contributo e uma mais-valia para Macau dar mais um passo na diversificação económica e no desenvolvimento sustentável.

O presente suplemento integra três domínios: o alargamento no âmbito do comércio de serviços, bem como a promoção da facilitação do comércio e investimento e do reconhecimento mútuo de habilitações profissionais, traduzindo-se em 31 medidas específicas.

De acordo com o presente suplemento, o interior da China irá alargar o âmbito de 18 sectores de serviços já liberalizados e acrescentar mais uma área no sector de serviços de estudos e desenvolvimento, perfazendo um total de 41 sectores de serviços liberalizados.

No comércio de mercadorias, destaca-se a liberalização concedida a convenções e exposições, turismo e serviços médicos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH