Guiné-Bissau: Governo consegue compradores para castanha de caju

14 May 2009

Bissau, Guiné-Bissau, 14 Mai – O governo conseguiu encontrar compradores para a castanha de caju e impedir assim a queda abrupta dos preços pagos aos agricultores, informou quarta-feira em Bissau o Ministério do Comércio guineense.

“Dois empresários guineenses e um senegalês vão comprar o quilograma da castanha de caju a 200 francos cfa (0,30 cêntimos de euros) no interior do país e a 230 francos cfa (0,35 cêntimos de euros) em Bissau”, precisou o ministério.

A medida do Governo, que está impedido de fixar o preço da castanha de caju, principal produto de exportação do país, visa minimizar as perdas dos agricultores, que estavam a vender o quilograma daquele produto a 100 francos cfa (0,15 cêntimos de euro) ou a trocá-lo por arroz, base alimentar dos guineenses.

No ano passado, o quilograma da castanha de caju na Guiné-Bissau foi vendido a 300 francos cfa (0,45 cêntimos de euro), tendo o país exportado 110 mil toneladas daquele fruto.

A Guiné-Bissau não tem indústria transformadora de castanha de caju e exporta essencialmente para a Índia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH