Moçambique: VIII Bolsa de Turismo de Maputo “retraída” devido à crise internacional

22 May 2009

Maputo, Moçambique, 22 Mai – A Bolsa de Turismo de Maputo (BTM), a única feira para operadores turísticos em Moçambique, começa dia 28 com a participação de menos expositores do que em 2008, devido à crise, afirmou quinta-feira em Maputo o director comercial da empresa promotora.

Juvenal Mabote, director comercial da Sociedade Gestora de Exposições e Feiras de Moçambique (Sogex), promotora da BTM este ano em VIII edição, disse que o evento terá este ano a participação de 30 expositores directos nacionais e três expositores directos estrangeiros, além de delegações das 11 províncias moçambicanas, consideradas participações indirectas.

A VII edição da BTM, realizada em 2008, contou com a participação de 49 expositores directos nacionais e três expositores estrangeiros, tendo o certame sido visitado por mais de 10 mil pessoas.

“Este ano teremos menos expositores do que no ano passado. Há uma pequena retracção justificada pelas dificuldades económicas que os operadores do sector do turismo atravessam por causa da crise financeira e económica internacional”, argumentou o director comercial da Sogex.

Para Juvenal Mabote, em tempo de crise, as empresas do sector de turismo são obrigadas a redimensionar os seus custos em função das prioridades impostas pela conjuntura, de forma a manter a eficiência e a viabilizar os seus negócios.

Além de exporem os seus produtos e serviços, os empresários da VIII Edição da BTM vão aproveitar os três dias do certame para discutir em conjunto as formas de manter a competitividade num momento difícil para os negócios. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH