Angola: Comboios do CFB chegam à fronteira com a Zâmbia em 2011

25 May 2009

Lobito, Angola, 25 Mai – Os comboio da Caminhos-de-Ferro de Benguela poderão chegar ao Luau, município fronteiriço da província do Moxico com a Zâmbia, em 2011, disse quinta-feira o director administrativo da companhia, Carlos Brás.

Em declarações à imprensa, Carlos Brás disse que actualmente já se encontra recuperado o troço Lobito (Benguela)/Santa Ria (Huambo), numa extensão de mais de 400 quilómetros e destacou a celeridade que a empreiteira chinesa está a imprimir à execução das obras.

De acordo com o gestor, as brigadas mistas, entre técnicos angolanos e chineses, estão a operar em diversos locais, havendo umas que estão a consolidar a linha já lançada do Lobito ao Huambo enquanto outras trabalham nas frentes Huambo/Bié e do Luau em direcção à cidade do Luena capital do Moxico, ou seja na direcção descendente.

O responsável apontou a construção de 32 pontes como uma das empreitadas que mais tempo tem consumido desde que as obras se iniciaram oficialmente há três anos.

Além do trabalho de preparação de terreno e do lançamento da linha, Carlos Brás adiantou que também está em curso a construção de 74 estações de grande e média dimensões, ao longo da linha de caminho-de-ferro.

A linha férrea, de acordo com Carlos Brás, está a ser reconstruído e modernizado de modo que tenha capacidade de transporte anual de 40 milhões de passageiros e 20 milhões de toneladas de mercadorias diversas, estando o projecto orçado em 1900 milhões de dólares.

O Caminho-de-Ferro de Benguela foi erguido no período de 1903 a 1929 e visou, na altura, escoar especialmente o ouro da ex-República do Zaire e da Zâmbia, de modo a utilizar o porto do Lobito. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH