Moçambique: Navios de pequena e média envergaduras podem vir a ser reparados em Nacala

25 May 2009

Maputo, Moçambique, 25 Mai – A empresa de capitais sul-africanos Aquatec pretende fazer reparações e manutenção naval de pequena e média envergadura no alto mar para embarcações de longo curso na costa que banha o distrito de Nacala, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal cita Daniel Sitoe, administrador marítimo de Nacala, para afirmar que a decisão da empresa, com sede em Maputo, foi influenciada pelas características da baía e do porto de Nacala, considerado de águas profundas, o que permite a navegação de embarcações de grande calado, ou seja, com capacidade superior a 150 mil toneladas de carga e 160 metros de cumprimento.

Tomou em conta, por outro lado, o facto de ser uma rota que regista um fluxo considerável de navios que procuram os principais portos banhados pelo Oceano Índico, nomeadamente Durban, Nacala-Porto, Mombaça e Maurícias.

Acrescentou que os armadores das grandes embarcações que procuram os portos do Oceano Índico, maioritariamente graneleiros, petroleiros e de transporte de carvão mineral, têm optado por estaleiros localizados em países asiáticos para fazer a manutenção ou reparação das suas embarcações, sendo que Nacala poderá constituir brevemente uma alternativa viável.

Entre as obras de manutenção e reparação que podem ser efectuadas em embarcações no alto mar destacam-se a limpeza dos respectivos cascos contra a acção das algas e outros materiais corrosivos e substituição de secções de chaparia considerada obsoleta.

De acordo com Daniel Sitoe, trata-se de uma actividade económica geradora de receitas consideráveis que revertem a favor da empresa executora do trabalho e para o Estado e acrescentou, a título ilustrativo, que uma reparação naval realizada no alto mar tem um custo mínimo de 100 mil dólares, dos quais cerca de 30 por cento destinam-se ao pagamento de impostos.

O Notícias informa ainda que a Aquatec já começou a mobilizar o equipamento necessário para desenvolver esta actividade na costa de Nacala, cujo início está dependente da aprovação pelo Ministério da Coordenação da Acção Ambiental do estudo de impacto ambiental solicitado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH