Brasil: Cimenteira Cauê vai investir em Angola

27 May 2009

São Paulo, Brasil, 27 Mai – A cimenteira Cauê, do grupo brasileiro Camargo Corrêa, vai investir 370 milhões de dólares na construção de uma cimenteira em Angola como uma capacidade de produção anual de 1,5 milhões de toneladas, afirmou o presidente da empresa, Humberto Farias.

Em declarações ao diário Gazeta Mercantil, Farias recordou que a construção da cimenteira está a ser negociada, “pelo menos desde o ano passado”, e será feita em parceria com a angolana Gema, a portuguesa Escom e o próprio grupo Camargo Corrêa, através da empresa de engenharia que opera no continente africano.

Em Angola, o investimento será muito superior ao que a empresa irá efectuar no Paraguai, não só porque a cimenteira será quatro vezes maior, mas também por ser necessário investir a montante e a juzante da unidade industrial, como em estradas, geração de energia, estrutura portuária, entre outras.

A cimenteira no Paraguai representará um investimento de 90 milhões de dólares para uma produção anual de 400 mil toneladas.

No Brasil, a empresa controla cinco fábricas, com uma produção de 51 milhões de toneladas por ano, o que representa cerca de cinco por cento da produção brasileira.

Os investimentos nas unidades brasileiras do grupo vão ascender a cerca de 60 milhões de euros este ano, nomeadamente no aumento da capacidade de produção.

“Estamos vendo outras oportunidades em outros países da África, seja por meio da aquisição ou por construção de fábrica. A crise deixou muitos activos interessantes”, avançou Humberto Farias. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH