Moçambique: Porto de Maputo expande terminal de açúcar

3 June 2009

Maputo, Moçambique, 3 Jun – A administração do porto de Maputo investiu 14 milhões de dólares na expansão da terminal de açúcar a fim de aumentar a sua capacidade para 750 mil toneladas por ano, afirmou o presidente da Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo.

De acordo com o jornal Notícias, de Maputo, Ronald Herman disse que o investimento realizado insere-se num vasto programa de desenvolvimento portuário iniciado em 2003, com custos estimados em 273 milhões de dólares, para garantir que o porto dá resposta ao aumento contínuo das necessidades de armazenamento e processamento de carga.

Produtores de Moçambique, Suazilândia, África do Sul e Zimbabwe acordaram na instalação de um terminal de açúcar no porto de Maputo, através da qual têm exportado a sua produção, como parte da estratégia adoptada pela Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) para aumentar a competitividade da indústria açucareira da região e alargar as oportunidades de acesso ao mercado.

Ronald Herman, presidente da Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo, disse que o terminal de açúcar é actualmente a unidade mais solicitada, devido, sobretudo, ao bom desempenho produtivo da indústria açucareira moçambicana.

A título de exemplo, Herman disse que em 2008 a produção das quatro açucareiras moçambicanas (Maragra e Xinavane, na região sul, e Marromeu e Mafambisse, no centro do país) atingiu 250 mil toneladas, 120 mil toneladas das quais foram escoadas pelo porto de Maputo.

Para este ano, as projecções apontam para uma produção na ordem das 250 mil toneladas só na região sul, facto que faz antever o aumento da procura dos serviços do terminal instalada no porto de Maputo.

No quadro dos projectos de desenvolvimento portuário foram, igualmente, concluídos no ano passado, as intervenções que vinham decorrendo a nível das terminais de viaturas, ferro-crómio, líquidos e de granito. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH