Angola: Governos de Luanda e Moscovo negociam novos instrumentos jurídicos de cooperação

4 June 2009

Luanda, Angola, 4 Jun – Angola e a Rússia estão a negociar quatro novos instrumentos jurídicos de cooperação, um dos quais sobre a protecção recíproca de investimentos, informou a agência noticiosa angolana Angop citando uma fonte do Ministério angolano das Relações Exteriores.

Os instrumentos jurídicos são o “Programa de médio prazo de cooperação económica, técnico-científica e comercial para o período 2009-2013”, “Acordo de promoção e protecção recíproca de investimentos”, “Acordo no domínio do ensino superior e formação de quadros” e o “Acordo de cooperação no domínio da hotelaria e turismo”.

Para o efeito, uma delegação técnica multisectorial angolana partiu terça-feira para a capital russa, Moscovo, onde durante cerca de sete dias irá discutir com as autoridades daquele país projectos concretos para o aprofundamento da cooperação.

Neste sentido, as movimentações político-diplomática entre os dois países têm-se intensificado nos últimos meses, podendo o Chefe de Estado da Federação Russa, Dmitri Medvedev, efectuar uma visita oficial a Angola.

Após profundas alterações políticas e sócio-económicas operadas nos dois países, as relações de cooperação entre Angola e Rússia desenvolvem-se numa base completamente diferentes da que sustentava as relações com a ex-URSS, pautando-se actualmente por uma lógica puramente comercial.

Na última visita que o Chefe de Estado angolano efectuou à Federação Russa, no final de 2006, foram assnados 10 acordos, entre os quais o “Memorando de compensação mútua entre a companhia Lukoil Overseas Holding e a Sonangol”, “Protocolo de cooperação entre a Companhia de acções Alrosa e a Endiama”, “Memorando de entendimento entre a Sonangol e a Gazprom” e o “Tratado sobre Extradição”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH