Economia de Macau sofrerá uma contracção este ano, refere o Economist Intelligence Unit

8 June 2009

Macau, China, 8 Jun – A economia de Macau deverá sofrer uma contracção em 2009 tendo em atenção que tanto o investimento como a receita dos casinos deverá continuar a cair ao longo do ano, informa o Economist Intelligence Unit no seu relatório relativo a Junho de 2009.

No entanto, os relatores recordam que embora o Produto Interno Bruto tenha tido uma variação negativa no último trimestre de 2008, o forte crescimento registado nos três trimestres anteriores fez com que o crescimento da economia em 2008 tenha ascendido a 13,2 por cento.

Globalmente, o relatório indica que as perspectivas de crescimento a longo prazo continuam boas embora o curto prazo seja menos certo devido à paragem de construção de alguns empreendimentos hoteleiros e de jogo na sequência da crise financeira internacional com as consequentes dificuldades na obtenção de crédito e ao apertar das restrições na concessão de vistos decidido pelas autoridades de Pequim para quem pretende visitar Macau.

Dizendo que os empreeendimentos hoteleiros e de jogo que estão parados deverão assim continuar durante mais algum tempo, os relatores afirmam que será, talvez, uma pausa boa para Macau, uma vez que a cidade está a sofrer as consequências de um número demasiado elevado de visitantes tendo agora a oportunidade de resolver alguns problemas infra-estruturais.

No entanto, o Economist Intelligence Unit salienta que, desde a prisão do secretário Ao Man-long por corrupção, o governo tem manifestado relutância em investir em obras públicas.

Macau, adianta o relatório, continua a ser fundamentalmente um mercado de visitas de um dia para jogo tendo as atracções não-relacionadas como o jogo, como centros comerciais e restaurantes de qualidade, tido uma procura fraca.

As receitas não-relacionadas com o jogo em Macau representam apenas 5 por cento do total, o que compara com 50 por cento em Las Vegas, Estados Unidos da América, embora um conjunto de empreendimentos a inaugurar nos próximos 18 meses possa aproximar os valores de Macau dos de Las Vegas.

Por último, nas suas previsões económicas, o Economist Intelligence Unit indica que as pequenas e médias empresas vão continuar a lutar pela sobrevivência devido à concorrência que lhes é movida pelas indústrias do jogo e do turismo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH