Primeira unidade de processamento de gás natural em Angola dentro de três anos

8 June 2009

Luanda, Angola, 8 Jun – A primeira unidade de processamento de gás natural em Angola vai ser inaugurada em 2012, no município de Soyo, província de Zaire, numa parceria entre empresas petrolíferas de Angola e Itália, anunciou quarta-feira em Luanda o embaixador de Itália em Angola.

Torquato Cardilli disse à agência noticiosa angolana Angop que os trabalhos de edificação da unidade iniciaram-se em 2008 e que a sua conclusão vai melhorar a distribuição de gás às populações, numa primeira fase às da região norte do país.

Sem revelar o montante investido, o diplomata adiantou que o projecto se insere num memorando celebrado no ano passado entre a angolana Sonangol e a sua congénere italiana ENI-SpA, no domínio da exploração de gás.

Segundo Cardilli realçou a vantagem ambiental que existe no aproveitamento do gás natural, quanto ao problema de efeito estufa, além do que é uma das melhores fontes de energia.

“O gás chegará ao domicílio em tubagem projectada e desenvolvida com a mais avançada tecnologia, o que significa também a certeza de fornecimento constante de energia de excelente qualidade sem prejudicar o ambiente”, frisou o embaixador. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH