Construção de silos para cereais já se iniciou em Moçambique

9 June 2009

Maputo, Moçambique, 9 Jun – O programa de construção de cinco complexos de silos com uma capacidade conjunta de 18 mil toneladas de cereais iniciou-se em três províncias de Moçambique, informou o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adianta que os silos estão a ser construídos em Cuamba, província de Niassa, Iapala, em Nampula, Milange, na Zambézia, e Nhamatanda e Gorongosa, em Sofala, numa iniciativa integrada no Programa de Acção para Produção de Alimentos, cuja execução envolve equipas multissectoriais, nomeadamente da Agricultura, Indústria e Comércio, Transportes e Comunicações, Planificação e Desenvolvimento, entre outros sectores.

De acordo com a cronologia dos trabalhos em curso, dada a conhecer pelo ministro da Indústria e Comércio, António Fernando, entre finais de Outubro e princípios de Novembro deste ano será inaugurada a primeira unidade do género na província de Sofala, em Nhamatanda ou na vila autárquica de Gorongosa.

Em declarações ao jornal, o director da Indústria e Comércio em Sofala, José Ferreira, disse que no âmbito do mesmo programa vai ser adicionalmente construído em Gorongosa um armazém com capacidade de 2500 toneladas, enquanto que no distrito de Nhamatanda vão ser utilizados dois edifícios do extinto Instituto de Cereais de Moçambique para acondicionar 750 toneladas cada.

Com este projecto, o Governo pretende reduzir as cíclicas bolsas de fome que ocorrem em Moçambique, pelo facto de os agricultores serem obrigados a vender a totalidade da sua produção na ausência de sistemas de conservação de excedentes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH