Acesso à energia eléctrica aumentará em Moçambique para 3,5 milhões de pessoas

10 June 2009

Maputo, Moçambique, 10 Jun – Três milhões e meio de moçambicanos deverão ter acesso a energia eléctrica até 2013 nos termos de um plano governamental de adicionar anualmente 90 mil novos consumidores à rede eléctrica nacional, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal adianta que caso o plano venha a ser concretizado, a taxa global de acesso à energia em Moçambique passaria para mais de 17 por cento, contra 14 por cento actualmente e 7 por cento em 2005, período em que passaram a ter acesso a energia eléctrica 340 mil novos consumidores.

Dados estimativos apresentados durante a realização, em Maputo, do seminário de Peritos da Iniciativa para Electrificação de África, indicam que na África subsaariana menos de dez por cento das habitações rurais tenha acesso à electricidade e que a taxa de acesso global situa-se abaixo de 25 por cento.

Falando na abertura do seminário, o Ministro da Energia, Salvador Namburete, considerou que o grande desafio que os países africanos devem enfrentar é a expansão do acesso à electricidade no continente, de modo a se estar próximo de uma cobertura territorial de 100 por cento por cada país.

No seminário estão representantes de mais de 42 países africanos, tendo também sido convidados delegados de países da América Latina e Ásia, considerados detentores de experiências de sucesso na execução de programas de electrificação rural, bem assim membros das agências de apoio ao desenvolvimento do sector de energia em África e em Moçambique, em particular. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH