Governo de Macau vai procurar reduzir crescimento negativo da economia para apenas um dígito

10 June 2009

Nanning, China, 10 Jun – O secretário para a Economia e Finanças, Francis Tam, afirmou terça-feira em Nanning que o governo de Macau vai adoptar medidas para controlar o crescimento negativo da economia e tentar que essa variação não ultrapasse um dígito.

No primeiro trimestre deste ano o Produto Interno Bruto de Macau caiu 12,9 por cento em termos reais, depois de no último trimestre de 2008 ter registado uma variação negativa de 7,6 por cento.

Francis Tam, que se deslocou a Nanning, capital da Região Autónoma de Guangxi Zhuang, para assistir ao 5º Fórum para a Cooperação da Região do Grande-Delta do Rio da Pérolas (Fórum), adiantou estimar que a taxa de crescimento económico do segundo trimestre será igualmente negativa.

Tam disse ainda que a série de medidas para manter a economia, garantia de emprego, apresentadas pelo governo na segunda metade do ano passado, está a mostrar-se eficaz, no sentido de combater a crise financeira internacional e manter a taxa de desemprego em 3,8 por cento.

E acrescentou que o governo vai acelerar a aprovação das obras públicas, reforçar os cursos de formação, entre outras medidas, bem como, a conclusão e entrada de funcionamento de grandes projectos vão contribuir para a estabilidade no emprego. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH