Mota-Engil Angola terá participações da Sonangol e do Banco Privado do Atlântico

17 June 2009

Porto, Portugal, 17 Jun – O grupo Mota-Engil anunciou terça-feira no Porto ter assinado um memorando de entendimento para a constituição de uma sociedade de direito angolano, a Mota-Engil Angola, com um consórcio formado maioritariamente pela Sonangol e pelo banco BPA.

Em comunicado à Comissão de Mercado dos Valores Imobiliários, o grupo de construçao civil indica que a Mota-Engil Angola será detida em 51 por cento pela Mota-Engil Engenharia e Construção e em 49 por cento pelo consórcio angolano, com a Sonangol e BPA (Banco Privado do Atlântico) a deterem participações de 20 e 11 por cento, respectivamente.

Fazem ainda parte do consórcio os bancos de investimentos Finicapital e Globalpactum.

A Mota-Engil Angola será constituída por integração dos activos da Mota-Engil Engenharia em Angola no prazo máximo de um ano.

Adicionalmente, serão também transferidas para um veículo detido a 100 por cento pela Mota-Engil Angola as participações que a Mota-Engil Engenharia detém em Angola, precisa ainda o comunicado.

A Mota-Engil Angola tem por objectivo participar no mercado angolano da construção civil e obras públicas bem como noutras actividades em vários sectores industriais em Angola, em particular os relacionados com o mercado da construção industrializada e da habitação.

A construtora acrescenta que a conclusão das operações previstas no memorando depende da sua formalização num acordo, no prazo de 90 dias, e de um entendimento quanto ao valor de avaliação dos activos a transferir pela Mota-Engil Engenharia para a Mota-Engil Angola, cujo cálculo será efectuado por dois bancos de investimento durante o primeiro trimestre de 2010. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH