Mato Grosso do Sul, Brasil, pretende atrair fábricas da portuguesa Portucel

19 June 2009

Campo Grande, Brasil, 19 Jun – O Estado brasileiro do Mato Grosso do Sul disputa com o Uruguai e Moçambique duas grandes fábricas de papel da Portugal Celulose (Portucel), de acordo com a página electrónica Campo Grande News, que cita o governador André Puccinelli.

O governador, regressado de uma viagem a Portugal, afirmou estar optimista quanto à decisão da Portucel mas advertiu que o anúncio da localização das fábricas não deverá ocorrer nos próximos três meses.

No seu encontro com os responsáveis da Portucel, Puccinelli entregou propostas de benefícios de quatro municípios do Estado interessados em receber uma fábrica bem como mais de 400 análises de solos realizadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e levantamento da situação logística de Mato Grosso do Sul, como acessos rodoviários, ferroviários e hidroviários.

As propostas apresentadas pelos quatro municípios incluiam isenções de ISS (Imposto sobre Serviço), IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), terreno, entre outros incentivos, para atrair o empreendimento da Portucel.

O governador adiantou que a Portucel já realizou quatro visitas ao Estado e, embora não tenha qualquer informação sobre o volume de investimento, disse que se poderá comparar ao da Votorantin Celulose em Três Lagoas, que criou 2,2 mil empregos diretos e outros 15 mil indirectos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH