Portugal e Moçambique discutem liberalização do mercado da aviação

22 June 2009

Maputo, Moçambique, 22 Jun – Moçambique está a negociar com Portugal o aumento do mercado turístico moçambicano, disse em Maputo o presidente da Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), José Viegas, citado pelo jornal Notícias, de Maputo.

Em declarações ao jornal a propósito da recente eleição da LAM para o conselho de governadores da Associação Internacional das Transportadoras Aéreas (IATA), Viegas disse que as negociações se enquadram no contexto dos esforços para a liberalização do mercado da aviação em Moçambique.

Referiu que a liberalização do mercado da aviação em Moçambique já está em curso e deverá terminar em 2010, acrescentando que a mesma começou com a abertura recíproca aos países da região da África Austral, com dois operadores de cada lado, sem, no entanto, adiantar mais pormenores.

Viegas disse ainda que a liberalização vai incluir, igualmente, as ligações aéreas com Portugal.

As negociações com aquele país europeu poderão, eventualmente, culminar com a entrada de novos operadores no mercado turístico moçambicano, mas Viegas realçou que a liberalização só fará sentido quando o mercado moçambicano tiver maior capacidade de competir, o que não acontece neste momento.

A LAM foi eleita para o conselho de governadores da Associação Internacional das Transportadoras Aéreas, cujo mandato se estende até 2011, durante a reunião em Kuala Lampur, em que os membros da associação debateram o futuro da indústria da aviação face à presente crise financeira internacional.

Este ano, a indústria de aviação mundial está a registar perdas de cerca de nove mil milhões de dólares, contra 4,7 mil milhões de dólares inicialmente previstos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH